Notícias

Links de Notícias

http://pt.euronews.net/tag/agricultura/
http://www.agroportal.pt/
http://www.cap.pt/cap-bruxelas/noticias.html
http://www.confagri.pt/Pages/WelcomePage.aspx
http://www.cna.pt/
http://www.abolsamia.pt/home_agricola.php
http://www.ajasul.com/
http://www.dgv.min-agricultura.pt
https://ic.fsc.org/en
http://www.dgadr.mamaot.pt/
http://pefc.pt/

Consulta Pública – Certificação PEFC – Geoterra

 

Introdução: PEFC – Programme for the Endorsement of Forest Certification schemes

O Programa para o Reconhecimento de Sistemas de Certificação Florestal, PEFC, é um esquema de certificação que consiste num quadro para o mútuo reconhecimento de sistemas nacionais ou regionais de certificação da gestão florestal sustentável nas principais regiões do globo. Em Portugal, a organização membro do PEFC é o Conselho da Fileira Florestal Portuguesa, CFFP (www.pefc.pt). Para poder ser certificada segundo os referenciais normativos PEFC para a gestão florestal, uma organização deve submeter-se a uma avaliação independente, incluindo uma auditoria que analisa a sustentabilidade da gestão dos recursos florestais em causa.

 

Notificação da auditoria de concessão/renovação da (nome da entidade)

A GEOTERRA – Estudos e Serviços Integrados, Lda. solicitou à CERTIS a certificação do seu sistema de gestão florestal sustentável segundo os referenciais PEFC aplicáveis à gestão florestal. Esta notificação visa informá-lo que a auditoria de concessão terá lugar dia 21/02/2017e 20 a 21/03/2017 e iniciar a nossa consulta às Partes Interessadas da GEOTERRA – Estudos e Serviços Integrados, Lda.

A GEOTERRA – Estudos e Serviços Integrados, Lda gere cerca de 30,56 hectares, situados no concelho de Ourém, ocupados por madeira.

A auditoria será de concessão e tem como objetivo avaliar a sustentabilidade da gestão florestal e o modo como a organização gere os aspetos ambientais, sociais, e económicos da área florestal gerida pela GEOTERRA – Estudos e Serviços Integrados, Lda. Para esta avaliação é usado o referencial normativo NP 4406: 2014 “Sistemas de Gestão Florestal Sustentável. Aplicação dos critérios pan-europeus para a gestão florestal sustentável“.

Informação adicional em:

http://www.pefc.org/company-detail?id=275192
www.geoterra.pt/

 

Consulta às Partes Interessadas

A consulta consiste em reuniões privadas ou públicas, conversas telefónicas, e trocas de emails, que terão lugar a partir deste momento, e que podem ser marcadas para as datas da auditoria. Tem como objetivos:

  • Assegurar que qualquer Parte Interessada que tenha informação relevante sobre o cumprimento da política de gestão florestal sustentável estabelecida pela (nome da entidade), tem oportunidade para apresentá-la à CERTIS antes da emissão do relatório, e
  • Recolher informação relevante para o processo de auditoria e decisão.

 

Queremos saber a sua opinião

Estamos interessados em receber comentários seus, mas preferimos recebê-los antes desta auditoria, de modo a podermos considerá-los antes da decisão de certificação. Como parte interessada, convidamo-lo a:

  • Enviar comentários escritos sobre a gestão florestal da (nome da entidade) por carta, telefone ou email para a CERTIS (ver contactos em baixo)
  • Marcar uma reunião com a equipa auditora para explicar os seus pontos de vista (ver contacto em baixo).

A CERTIS tratará de forma confidencial toda a informação que obtiver e faz dela uso exclusivo para os fins da certificação; a respetiva fonte será apenas do conhecimento da CERTIS, podendo a entidade acreditadora, o IPAC e o CFFP a ela ter acesso no âmbito dos processos de acreditação e reconhecimento.

 

Reclamações sobre organizações certificadas ou sobre a CERTIS

As reclamações sobre organizações certificadas devem ser primeiro efetuadas às próprias organizações certificadas, que deverão analisá-las e responder de acordo com os procedimentos que estabeleceram. Caso a entidade reclamante não se encontre satisfeita com o modo como a sua reclamação foi tratada pode então dar conhecimento à CERTIS. As reclamações sobre as organizações certificadas pela CERTIS são por nós tratadas de acordo com o procedimento de reclamações (P11 –Reclamações e Recursos) estabelecido para o efeito e que poderá ser disponibilizado a pedido. Tanto para reclamações sobre organizações certificadas como sobre a CERTIS, caso a entidade reclamante não se encontre satisfeita com o modo como a sua reclamação foi tratada pela CERTIS, pode dar disso conhecimento ao CFFP.

 

Contactar a CERTIS

  • E-mail: certis@certis.pt
  • Site: www.certis.pt
  • Telefone:+351 266 769 564/5
  • Morada:Rua Diana de Liz – Horta do Bispo, Apartado 320, 7006-804 Évora, Portugal

Melhores Cumprimentos

Jaime Caiado
Auditor Coordenador

 

Consulta Pública – Certificação PEFC da ANSUB

 

Introdução: PEFC – Programme for the Endorsement of Forest Certification schemes

O Programa para o Reconhecimento de Sistemas de Certificação Florestal, PEFC, é um esquema de certificação que consiste num quadro para o mútuo reconhecimento de sistemas nacionais ou regionais de certificação da gestão florestal sustentável nas principais regiões do globo. Em Portugal, a organização membro do PEFC é o Conselho da Fileira Florestal Portuguesa, CFFP (www.pefc.pt). Para poder ser certificada segundo os referenciais normativos PEFC para a gestão florestal, uma organização deve submeter-se a uma avaliação independente, incluindo uma auditoria que analisa a sustentabilidade da gestão dos recursos florestais em causa.

 

Notificação da auditoria de concessão/renovação da ANSUB

A ANSUB- Associação de Produtores Florestais do Vale do Sado solicitou à CERTIS a certificação do seu sistema de gestão florestal sustentável segundo os referenciais PEFC aplicáveis à gestão florestal. Esta notificação visa informá-lo que a auditoria de renovação terá lugar dia 07/03/2017a 10/03/2017 e iniciar a nossa consulta às Partes Interessadas da ANSUB- Associação de Produtores Florestais do Vale do Sado.

A ANSUB- Associação de Produtores Florestais do Vale do Sado gere cerca de 16184,41 hectares, situada nos concelhos de “Ferreira do Alentejo, Grândola, Mora, Alcácer do Sal, Benavente, Aljustrel, Monchique, Odemira e Ourique.” ocupados por madeira; cortiça; pinha; pinhão e resina.

A auditoria será de renovação e tem como objetivo avaliar a sustentabilidade da gestão florestal e o modo como a organização gere os aspetos ambientais, sociais, e económicos da área florestal gerida pela ANSUB- Associação de Produtores Florestais do Vale do Sado. Para esta avaliação é usado o referencial normativo NP 4406: 2014 “Sistemas de Gestão Florestal Sustentável. Aplicação dos critérios pan-europeus para a gestão florestal sustentável“.

Informação adicional em:

http://www.certisado.pt/
http://pefc.org/company-detail?id=498314

 

Consulta às Partes Interessadas

A consulta consiste em reuniões privadas ou públicas, conversas telefónicas, e trocas de emails, que terão lugar a partir deste momento, e que podem ser marcadas para as datas da auditoria. Tem como objetivos:

  • Assegurar que qualquer Parte Interessada que tenha informação relevante sobre o cumprimento da política de gestão florestal sustentável estabelecida pela (nome da entidade), tem oportunidade para apresentá-la à CERTIS antes da emissão do relatório, e
  • Recolher informação relevante para o processo de auditoria e decisão.

 

Queremos saber a sua opinião

Estamos interessados em receber comentários seus, mas preferimos recebê-los antes desta auditoria, de modo a podermos considerá-los antes da decisão de certificação. Como parte interessada, convidamo-lo a:

  • Enviar comentários escritos sobre a gestão florestal da (nome da entidade) por carta, telefone ou email para a CERTIS (ver contactos em baixo)
  • Marcar uma reunião com a equipa auditora para explicar os seus pontos de vista (ver contacto em baixo).

A CERTIS tratará de forma confidencial toda a informação que obtiver e faz dela uso exclusivo para os fins da certificação; a respetiva fonte será apenas do conhecimento da CERTIS, podendo a entidade acreditadora, o IPAC e o CFFP a ela ter acesso no âmbito dos processos de acreditação e reconhecimento.

 

Reclamações sobre organizações certificadas ou sobre a CERTIS

As reclamações sobre organizações certificadas devem ser primeiro efetuadas às próprias organizações certificadas, que deverão analisá-las e responder de acordo com os procedimentos que estabeleceram. Caso a entidade reclamante não se encontre satisfeita com o modo como a sua reclamação foi tratada pode então dar conhecimento à CERTIS. As reclamações sobre as organizações certificadas pela CERTIS são por nós tratadas de acordo com o procedimento de reclamações (P11 –Reclamações e Recursos) estabelecido para o efeito e que poderá ser disponibilizado a pedido. Tanto para reclamações sobre organizações certificadas como sobre a CERTIS, caso a entidade reclamante não se encontre satisfeita com o modo como a sua reclamação foi tratada pela CERTIS, pode dar disso conhecimento ao CFFP.

 

Contactar a CERTIS

  • E-mail: certis@certis.pt
  • Site: www.certis.pt
  • Telefone: +351 266 769 564/5
  • Morada:Rua Diana de Liz – Horta do Bispo, Apartado 320, 7006-804 Évora, Portugal

Melhores Cumprimentos

Lennart Holm
Auditor Coordenador