Modos de Produção

A CERTIS controla e certifica operadores e preparadores / transformadores nos seguintes modos de Produção:

 

Modo de Produção Integrada – PRODI

 

O que é a Produção Integrada?

A definição de produção integrada proposta pela OILB/SROP (2004) e amplamente aceite, traduz-se por um sistema agrícola de produção de alimentos de alta qualidade que utiliza os recursos naturais e mecanismos de regulação natural em substituição de factores de produção prejudiciais ao ambiente e de modo a assegurar, a longo prazo, uma agricultura viável. Em produção integrada, é essencial a preservação e melhoria da fertilidade do solo e da biodiversidade e a observação de critérios éticos e sociais.

 

Este conceito dá especial relevo:

  • À abordagem holística de toda a exploração agrícola.
  • Ao papel central do ecossistema agrário. Os ecossistemas agrários são a base do planeamento e realização das actividades na exploração. Em produção integrada, as actividades agrícolas devem perturbar o menos possível a estabilidade dos ecossistemas, nas suas componentes recursos naturais e mecanismos reguladores.
  • A biodiversidade é o pilar da estabilidade do ecossistema, dos mecanismos de regulação natural e da qualidade da paisagem. A manutenção de níveis de biodiversidade adequados é essencial para permitir a substituição de pesticidas por factores de regulação natural, como a limitação natural. A diversidade ecológica coloca à disposição do agricultor um importante recurso, com carácter funcional – biodiversidade funcional.
  • Ao equilíbrio dos ciclos nutritivos. A adopção de estratégias como a manutenção do equilíbrio dos ciclos nutritivos, rotações culturais e estruturas ecológicas, só têm significado em produção integrada, se se considerar toda a exploração agrícola como uma unidade produtiva. Os ciclos nutritivos devem estar equilibrados e as perdas devem ser minimizadas.
  • Ao bem-estar de todas as espécies animais domésticas.

 

Como aderir ao Modo de Produção Integrada?

Clique aqui

 

Para mais informações sobre este modo de produção:

Clique aqui

 

Listagem de operadores em Modo de Produção Integrada:

Clique aqui

 

Registo de Produções Vegetais
Caderno de Campo PDR2020

 

Modo de Produção Biológico – AB

 

O que é a Agricultura Biológica?

A Agricultura Biológica é um modo de produção agrícola que respeita profundamente o meio ambiente e a biodiversidade.

 

De um modo geral a prática de um Agricultura Biológica obriga a:

  • As explorações agrícolas onde os produtos foram obtidos tiveram que passar, em média, por um período de conversão de 2 anos antes da sementeira das culturas anuais ou de 3 anos antes da colheita de frutos e outras culturas perenes;
  • A fertilidade e a actividade biológica dos solos devem ser mantidas ou melhoradas através de:
    1. culturas apropriadas e sistemas de rotação adequados;
    2. incorporação nos solos de matérias orgânicas adequadas;
  • A luta contra os parasitas, as doenças e as infestantes deve ser feita através de processos naturais;
  • Os animais devem preferentemente ser escolhidos de entre raças autóctones ou de raças particularmente bem adaptadas às condições locais e os que não nasceram em explorações que praticam o modo de produção biológico devem passar por períodos de conversão específicos para cada raça. Todos os animais de uma mesma unidade de produção devem ser criados de acordo com este modo de produção. É proibido conservar os animais amarrados;
  • Este modo de produção constitui uma actividade ligada à terra, pelo que os animais devem dispor de uma área de movimentação livre, devendo o seu número por unidade de superfície ser limitado de forma a garantir uma gestão integrada da produção animal e vegetal na unidade de produção, minimizando-se assim todas as formas de poluição, nomeadamente do solo, das águas superficiais e dos lençóis freáticos. A importância do efectivo deve estar estreitamente relacionada com as áreas disponíveis, de modo a evitar problemas de erosão e desgaste excessivo da vegetação e a permitir o espalhamento do estrume animal, a fim de evitar prejuízos ambientais;
  • A prevenção de doenças baseia-se nos seguintes princípios:
    1. Selecção das raças ou estirpes de animais adequadas;
    2. Aplicação de práticas de produção animal adequadas às exigências de cada espécie, fomentando uma elevada resistência às doenças e prevenção de infecções;
    3. Utilização de alimentos de boa qualidade, juntamente com o exercício regular e o acesso à pastagem, com o objectivo de incentivar as defesas imunológicas naturais do animal;
    4. Garantia de um encabeçamento adequado, evitando desse modo a sobrepopulação e os problemas que daí podem decorrer para a saúde dos animais;
    5. No entanto, os animais doentes ou feridos, devem ser devidamente tratados;
  • Para fertilização ou correcção dos solos estão claramente referenciados, na regulamentação europeia, quais os produtos que, a título excepcional, podem ser utilizados;

 

Notificação de actividade Modo Produção Biológico

Clique aqui

 

Para mais informações sobre a Agricultura Biológica

Clique aqui

 

Como aderir ao modo Produção Biológico?

Clique aqui

 

Base de Dados Sementes Biológicas?

Clique aqui

 

Lista de Operadores em MPB

Clique aqui

 

Caderno de Campo Apicultura
Caderno de Campo PDR2020